icone menu

Artigos

Caminhar com Amor

Por Douglas Brito

É perdoar e sempre perdoar, para o ódio sempre afastar.

Não ficar remoendo sentimentos de mágoa, opressão e injustiça.

Afinal, amor também é sentimento e como diz a lei da física, dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço.

O amor é grande demais e com estas emoções o amor não tem espaço.

Quanto à mágoa, à opressão e à injustiça, tudo na vida ocorre por um propósito e em Deus devemos confiar.

Mas que estes dizeres não sirvam de desculpa de alguém para saracotear outro.

A dor devemos nos livrar e não carregá-la conosco.

Devemos nos limpar de emoções ruins e assim nos livramos de estados de espírito ruins.

Assim estaremos bem e podemos encontrar o paraíso que existe dentro de nós.

E elevar o amor não somente ao seres humanos, mas aos animais, aos insetos, às plantas, aos átomos, às moléculas, às estrelas, aos planetas, à tudo mais que existe de bom e ao Criador de tudo isso.

Certas coisas não se amam, como o ódio, a luxúria, a ignorância de si mesmo, a ignorância sobre os    demais, a soberba, o orgulho, a vontade de dominar os outros e etc.

Porém, por mais que uma pessoa seja cruel, assassina, só pense em fazer coisas ruins com as pessoas, elas ainda tem algo de bom, que foi o que Deus criou.

Claro que tudo isso não é fácil, talvez seja impossível de inicio, mas tudo posto em prática se desenvolve.

Precisamos ver o que estamos fazendo, que está dando certo e o que não está, acreditar em nós mesmos, na força máxima do amor e ter paciência.

 

Obs. É necessário reconhecer ou assumir os sentimentos negativos para depois transformá-los (perdoar). (Publicação cedida e autorizada pelo autor Ricardo Chioro)

 

 

Artigos recentes

Mulher com sacolas de compras
Compulsão por compras

Oniomania – é o nome clínico deste transtorno psicológico, mais conhecido como consumismo compulsivo. Esta patologia – compulsão por compras foi considerada uma doença apenas recentemente, na década de 1980. Não existem estudos que comprovem as causas dessa doença, mas há algumas possibilidades. Uma delas está relacionada com a história comportamental da família do indivíduo. […]

Máscara pendurada no guidão da bicicleta
Isolamento social: equilibrando o corpo e a mente

As atividades de entretenimento e os exercícios físicos contribuem com o bem-estar durante o confinamento As medidas de isolamento social recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter a propagação do novo coronavírus impuseram uma nova rotina a milhões de pessoas. A interrupção do convívio social e a necessidade de implementar cuidados rigorosos com […]

Jovem distraído na escola
Inquieto ou Hiperativo

Qual a diferença entre a agitação natural das crianças e o transtorno de déficit de atenção? Certos sintomas de desatenção e hiperatividade ansiosa podem ser considerados normais em crianças que acabaram de passar por situações traumáticas como a perda de uma pessoa querida ou alguma frustração importante. Nesses casos, em geral as manifestações são passageiras. […]

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *