Artigos

Caminhos

Por Douglas Brito

Na vida é impossível parar. Mesmo quando decidimos não avançar, a vida avança.  E às vezes temos mesmo a impressão que ela corre. E nesse nosso viver, encontramos diariamente caminhos
na nossa frente. Em cada situação há sempre uma opção de estrada.

Escolhemos então a mais longa, mais curta, mais fácil, mais difícil…somos guiados por vontades, necessidades, coração, emoções… e na verdade nem sempre sabemos onde nos conduzirá nossa escolha.E é preciso a cada dia, cada passo, seguir e assumir. Ninguém, ninguém mesmo pode ou deve ser responsável pelas nossas escolhas. E mesmo se damos ouvidos a um amigo, aos pais, a escolha final e a responsabilidade final sempre será nossa.

Muitas vezes sofremos porque escolhemos caminhos errados. E sabemos que não há volta  para as caminhadas da vida, mas sempre teremos a opção de dirigir nossos passos para direções diferentes. E então uma nova escolha se dá. Com todos os riscos possíveis.

Amar alguém, sentir amizade por alguém, não é uma escolha. Pelo menos não voluntária, da nossa mente. Do coração, eu diria, pois não temos controle,não podemos negar sentir esse amor ou essa amizade. Mas podemos decidir seguir esse amor e essa amizade. Isso também é uma escolha, caminho.

O importante é não parar. Li uma vez que “água estagnada apodrece” e penso que ninguém gostaria de viver como água estagnada. Devemos ser como as águas dos rios, correndo sempre em alguma direção, regando flores que nascem do lado, matando sede de pássaros e homens,
desembocando em grandes mares. E assim segue nossa vida…

Cabe a cada um a responsabilidade da escolha diária. E tudo o que posso dizer com certeza de que
não há erro possível na escolha, é aquela de seguir o grande, o verdadeiro Caminho. Para os outros, que a sabedoria esteja no coração de cada um para que as escolhas estejam o mais perto possível daquilo que chamamos felicidade.

 

 

Artigos recentes

Dez Razões para Adultos buscarem seu diagnóstico de síndrome de Asperger

Síndrome de Asperger (SA) é uma forma de autismo de alto funcionamento que só se tornou um diagnóstico “oficial” em 1994. Isso significa que muitos adultos com SA nunca foram diagnosticados. O diagnóstico pode fornecer um quadro para organizar-se e a compreender e aprender sobre os desafios comportamentais e emocionais que talvez parecessem inexplicáveis até […]

Ansiedade

É possível diminuir a ansiedade   Como escapar das armadilhas da mente que, diante do desconhecido, cria  pensamentos negativos e gera ansiedade. Problemas se resolvem com ação. Para se livrar da ansiedade, primeiro é preciso entendê-la. A ansiedade é o resultado de um processo de aceleração da mente. Ela é desencadeada pelo contato com o […]

Somos inteiros ou apenas fragmentos?

Somos inteiros ou apenas fragmentos? Saia um pouco da rotina e pense em como anda sua vida… Neste exato momento em que você lê este artigo, você está fazendo quantas coisas mais? Quantas coisas existem na sua mesa? Quantas preocupações existem em sua mente? Quantas coisas pra fazer mais tarde… Quantas coisas que você deixou […]

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *